Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 20, 2016
Imagem
CONFLITOS INTERNACIONAIS


"VIOLÊNCIA NO IRAQUE MATOU MAIS DE 18 MIL CIVIS DESDE 2014, AFIRMA ONU" "Conflitos no país provocaram deslocamentos de 3,2 milhões, entre os quais 1 milhão de crianças"


"Números podem ser ainda maiores, segundo relatório; ascensão do EI trouxe escravização de crianças e mulheres. A ONU (Organização das Nações Unidas) alertou que a violência no Iraque continua 'assombrosa', sendo que mais de 18 mil civis morreram e outros 36 mil ficaram feridos entre janeiro de 2014 e outubro de 2015. Em relatório publicado nesta terça-feira (19), a ONU também afirmou que os conflitos no país provocaram o deslocamento de 3,2 milhões de pessoas nesse período, entre as quais 1 milhão de crianças em idade escolar. A região mais afetada pela violência foi a província de Bagdá, que registrou quase 4.300 feridos entre maio e outubro de 2015, período em que agentes da ONU fizeram o relatório. Os números correspondem a cerca de metade do total de mortos e feri…
Imagem
SAÚDE

"CHIKUNGUNYA: CONHEÇA ESSE VÍRUS E SAIBA POR QUE ELE É UMA AMEAÇA" "Ele causou estragos na África, na Ásia, na América Central e já chegou ao Brasil. Entenda por que você deve ficar em alerta"

Por: Luíza Monteiro
"O QUE É CHIKUNGUNYA?"
Trata-se de um vírus transmitido por dois mosquitos: o Aedes aegypti (transmissor da dengue) e o Aedes albopictus, espécie existente no Brasil, mas que, ao contrário do seu primo, prefere viver nas áreas de floresta. O Chikungunya foi identificado na década de 1950, na África, porém nos últimos anos vem se espalhando para outros continentes, como Ásia, Europa e, mais recentemente, Américas do Norte e Central."
"Ele chegou ao Brasil"
"Em setembro de 2014, o Ministério da Saúde confirmou os primeiros casos de transmissão do vírus no território nacional. As vítimas são um pai e uma filha, que vivem na cidade de Oiapoque, no Amapá. Nenhum deles viajou para fora do país, ou seja, a contaminação certamente ocor…
Imagem
ATUALIDADES: VESTIBULAR E ENEM

JOVENS INFRATORES NA MIRA DA POLÊMICA O debate sobre a redução da maioridade penal exige que se avaliem as consequências da medida para os adolescentes e seus direitos




No Brasil, propostas de redução da maioridade penal costumam ganhar destaque nos meios de comunicação sempre que ocorrem crimes bárbaros com a participação de adolescentes. Passada a comoção maior, o tema deixa o noticiário. Em 2015, foi diferente. A discussão veio mais insistente, quando o Congresso Nacional desengavetou projetos antigos e decidiu levá-los ao plenário. A ideia de alteração da maioridade penal é reduzir de 18 para 16 anos a idade mínima para que um menor infrator receba as mesmas penas estabelecidas para adultos. O assunto mexe com toda a sociedade, e o debate muitas vezes apaixonado resulta em pesquisas de opinião amplamente favoráveis à redução, que confundem a demanda legítima por segurança e justiça como medo ou a vontade de vingança. Uma reflexão mais aprofundada exige qu…