Postagens

Mostrando postagens de Setembro 11, 2017
Imagem
CONHECIMENTO CEREBRAL DESTACA CURIOSIDADES!

"PARECE MAS NÃO É..." "Comer um lanche no pão brasileiro enquanto pega uma fila indígena para se divertir na montanha-francesa soa esquisito? Isso acontece porque há muitos mal-entendidos envolvendo pessoas, objetos, lugares e histórias que não são bem assim como julgamos convencer..."

Por: Tiago Jokura [texto] Marcelo Costa e Magno Costa [ilustra] Thales Molina [design] Tiago Jokura [edição]
"FORA DA ORDEM MUNDIAL" "Instituições regionais cuja procedência não é a que o nome indica"
FILA INDIANA NÃO SURGIU NA ÍNDIA O nome correto deveria ser fila indígena, já que a característica de andar enfileirado em grupo foi observada nos índios norte-americanos. De acordo com relatos históricos, os guerreiros indígenas se deslocavam no meio da mata pisando um na pegada do outro para não deixar rastros das investidas em grupo.



MONTANHA-RUSSA É FRANCESA
O primeiro registro de carrinhos enfileirados com rodas presas a trilhos e…
Imagem
INTERNACIONAL

"AINDA PERIGOSO, FURACÃO IRMA CAI PARA CATEGORIA 1 PERTO DE TAMPA" "Embora mais fraco, ainda há risco de vida provocado pelas rajadas de vento nas proximidades do corpo do furacão"

"O furacão Irma continua se aproximando da cidade de Tampa, na Flórida, no seu avanço rumo ao norte do estado americano, mas está cada vez mais fraco: conforme o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, ele agora caiu para categoria 1 na escala Saffir-Simpson (veja o gráfico abaixo). No seu boletim das 2h (horário local, 3h em Brasília), o NHC disse que o Irma estava a 40 quilômetros de Tampa, onde vivem perto de quatro milhões de pessoas. Durante a madrugada, ciclone gerava ventos máximos sustentados de 135 km/h, uma velocidade menor do que a registrada no boletim anterior, emitido três horas antes, que era de 155 km/h. Embora mais fraco, o boletim reforça que ainda há risco de vida provocado pelas rajadas de ventos nas proximidades do corp…