Postagens

Mostrando postagens de Agosto 31, 2018
Imagem
HISTÓRIA:
VESTIBULAR E ENEM


OEneme os vestibulares estão chegando, e junto com eles, as temidas provas que englobam e requerem muito conhecimento sobre os mais diversos assuntos e disciplinas. A históriaé uma delas. Aliás, uma das mais importantes. Por isso, para ajudar você ainda mais em seus estudos, à partir de agora, oConhecimento Cerebralirá disponibilizar gratuitamente, os assuntos mais importantes dessa disciplina com o conteúdo didático, baseado na atualidade, doGuia do Estudante (GE). O material será dividido em capítulos, de acordo com o livroGE - História: Vestibular e Enem 2018, e ao final de cada um deles, serão disponibilizados exercícios para que você treine e memorize o que foi aprendido, preparando-se para os vestibulares e concursos públicos. OConhecimento Cerebralagradece e deseja bom estudo!


CAPÍTULO 4: IDADE CONTEMPORÂNEA - REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

PRODUÇÃO A TODO VAPOR Com as fábricas, a burguesia tomou de vez para si o poder econômico e mudou o modo como o mundo trabalha…
Imagem
ATUALIDADES: VESTIBULAR E ENEM

DOSSIÊ INTOLERÂNCIA: LIBERDADE DE EXPRESSÃO
OS LIMITES DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO Quando o discurso de ódio extrapola o direito de se manifestar livremente

Por: Daniel Gomes de Carvalho*
Em meio ao efervescente Carnaval de São Paulo, um fato destoou da animação. Por iniciativa do movimento Direita São Paulo, o bloco Porão do Dops pretendia desfilar nas ruas da cidade para "celebrar" o legado da ditadura militar. Um dos cartazes de divulgação do bloco exaltava a figura do coronel Carlos Brilhante Ustra, ex-chefe do DOI-Codi e torturador durante o regime militar.
O Ministério Público (MP) entrou com uma liminar tentando impedir o desfile do bloco, alegando apologia a tortura. A juíza Daniela Conceição negou o pedido, sob a justificativa de que a proibição fere a liberdade de expressão. O MP recorreu e, as vésperas do desfile, veio a decisão do desembargador José Rubens Queiroz Gomes, para quem a manifestação do bloco configura, de fato, crime de apologia …