Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 7, 2018
Imagem
MUNDO ANIMAL

"AS DUAS MAIORES COBRAS DO MUNDO LUTARAM - E AMBAS PERDERAM" "Foto mostra duas espécies de cobra, uma cobra-real e uma píton-reticulada, após uma briga letal"

Por: Lucas Agrela EXAME.COM
"Uma foto circulou nos fóruns e nas redes sociais nesta semana mostrando duas cobras que morreram em combate entre si. Uma delas é a cobra-real (Ophiophagus hannah), que é a maior cobra venenosa do mundo, chegando a ter 6 metros de comprimento. A outra é a píton-reticulada (Python reticulatus), a maior cobra do mundo. Constritora, ela não é peçonhenta, mas chega a ter 6,5 metros de comprimento. Apesar de existirem casos em que ela matou humanos, ela não é tradicionalmente perigosa para nós - ao contrário da cobra-real."

"A foto foi publicada no site Imgur (veja aqui) e não vem com muita história sobre os fatos. O fotógrafo é desconhecido. Entretanto, Coleman Sheehy, do Museu de História Natural da Flórida disse para a National Geographic que a briga das cobras p…
Imagem
NACIONAL

"NOVO LOTE DE VACINAS CONTRA FEBRE AMARELA CHEGA AO BRASIL"

Por: Kátia Perin
"A partir desta sexta-feira, 9, um lote de vacinas contra febre amarela do laboratório Sanofi-Pasteur começará a ser entregue nas clínicas particulares de todo o Brasil, quase um mês antes do previsto. A importação das doses foi aprovada em caráter de urgência pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) diante do cenário atual da doença no Brasil. O laboratório não informa a quantidade de doses por questões de segurança. São doses da vacina completa - a dose única. As doses do imunizante 'desapareceram' das clínicas particulares há mais de três semanas, quando os casos da doença começaram a aumentar. Apesar da vacina ser oferecida de graça na rede pública de saúde, muitas pessoas preferiram buscar a vacina na rede particular por causa das filas de espera - havia relatos de mais de quatro horas de filas. Segundo o laboratório, em 2017 houve um aumento de 300% na disponibil…
Imagem
ECONOMIA

"GASTOS DO GOVERNO FEDERAL COM SAÚDE E EDUCAÇÃO CAEM 3,1% EM 2017" "Orçamento. Recuo ocorreu no primeiro ano de vigência da medida que cria um teto para os gastos públicos; as duas áreas ficaram de fora no ano passado para que o volume de gastos ganhasse um fôlego antes de serem incluídas na nova regra, o que não ocorreu"

Por: Adriana Fernandes         Eduardo Rodrigues BRASÍLIA
"As despesas do governo com saúde e educação caíram 3,1% no ano passado em relação a 2016, se descontada na inflação. Em termos nominais, o gasto total nas duas áreas ficou congelado, saindo de R$ 191,2 bilhões para R$ 191,3 bilhões, segundo levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), feito com base em dados do Tesouro. O recuo chama atenção por ter sido o primeiro ano de vigência da regra do teto de gastos, que impede que as despesas cresçam acima da inflação. Saúde e educação ficaram de fora da nova regra no ano passado justamente para que tivessem um fôlego antes d…